Para ser feliz, é preciso trocar de parceiro a cada 5 anos, afirmam psicólogos

Na vida, um dos principais motores para o ser humano trabalhar ou estar em sintonia com o outro é através de uma conexão, aquele vínculo que você faz com outra pessoa para desenvolver um relacionamento, pode ser sentimental ou não.

O que entendemos por amor é uma ideia muito específica que evoluiu ao longo dos anos e com os mesmos pensamentos da sociedade, embora seja improvável que chegue ao “viveram felizes para sempre”.

É importante dizer que romance e amor são duas coisas diferentes e podem se desenvolver em diferentes fases da vida.

Antes, pensava-se que o amor significava posse, mas agora podemos ver relações mais livres e menos prejudiciais, embora haja exceções.

É por isso que a psicologia, ou melhor, os especialistas na área, se encarregaram de estudar o amor de uma perspectiva “científica” e em suas descobertas concluíram que para manter a felicidade nos relacionamentos é necessário trocar de parceiro a cada 5 anos.

Falando em estatísticas, apenas 50% dos casais ficam juntos por mais de 10 anos, e apenas um terço se declara totalmente feliz.

Embora os casamentos sejam motivo de comemoração, o aumento do número de divórcios é alarmante.

Rafael Santandreau, psicólogo espanhol, chegou à conclusão de que relacionamentos duradouros se mantêm graças ao ciúme e à dependência, ações perigosas se não forem controladas e forem ao extremo.

Sugerido para si:  7 perigos de tomar o anticoncepcional, cuidado

O especialista também disse que o segredo é fazer a troca de parceiro após 5 anos de relacionamento, que é o momento em que você provavelmente percebe que não há mais muito futuro, não se sente bem com a outra pessoa ou simplesmente quer acabar.

Segundo o espanhol, os humanos não são programados para ter um parceiro para a vida toda.

Embora isso ainda não esteja comprovado, a investigação ainda está em andamento, porém, é impossível dizer que o amor não existe quando existem milhares de casos de pessoas que provam o contrário. via:porquenosemeocurrio


- Publicidade -

MAIS POPULARES

- Publicidade -