Mulher pede para criar condomínios onde crianças não são aceitas

Mulher pede para criar condomínios onde crianças não são aceitas

Declarações polêmicas são bastante comuns no TikTok, já que a plataforma aos poucos se tornou um espaço onde os usuários podem compartilhar e falar sobre experiências, reclamações ou desejos e assim poder interagir com outras pessoas ou seguidores criando debates ou discussões sobre diversos temas.

Uma australiana declarou em um de seus vídeos que adoraria ver um condomínio “só para adultos”, onde crianças fossem proibidas, pois explicou que essas áreas deveriam ser criadas apenas para pessoas que, como ela, querem silêncio.

Acrescentou ainda que é importante que estes espaços sejam abertos a pessoas como ela que “detestam crianças”, porque sabe que muitos querem o mesmo, no entanto outros começaram a comentar o assunto e manifestaram que embora possam concordar com o seu pedido pode ser algo radical, embora outros concordassem com ela e desejassem o mesmo.

Segundo ela, está “muito entediada” e cansada de crianças perturbando sua paz em locais públicos.

Alguns internautas ficaram zangados com suas palavras fortes e disseram que ela poderia ir para uma “residência de aposentados” se quisesse tanto relaxar.

@soybabie__

I know im evil but theyre SO loud please i want peace and quiet are there adults only pools in melbourne?? #fyp #kidfree #childfree

♬ original sound – Baby Soja

A jovem de 27 anos disse: “Gostaria de saber quando alguém planeja abrir um condomínio somente para adultos, onde tudo lá é apenas para adultos”. Como motivo, ela disse que estava “muito entediada para ir a lugares e ter crianças gritando em todos os lugares”.

Ela decidiu falar sobre seu aborrecimento depois de ir a uma piscina pública e presenciar crianças pulando, chapinhando e gritando, quando ela só queria nadar para se exercitar, mas não podia.

Alguns comentários importantes ou destaques foram algumas experiências de pais que apoiaram seu pedido sentindo-se sobrecarregados em muitas ocasiões e até mesmo julgados por deixar os filhos por um tempo enquanto eles saem ou por querer passar um dia sem filhos. via:porquenosemeocurrio

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *