Mulher expulsa marido da sala de parto após ele chamá-la mal-humorada

Ao dar à luz, há muitas coisas que seu parceiro pode fazer para tornar as coisas um pouco mais fáceis para você.

Oferecer uma mão para segurar, fornecer uma distração, como música ou uma revista, ou até mesmo ter uma boa conversa com você para esquecer a dor excruciante em que você está.

Observe que seu parceiro se referindo a você como uma “bagunça hormonal (mal-humorada)” não está nessa lista.

Isso porque realmente não é uma boa ideia, e um homem foi expulso do nascimento de sua filha por causa do comentário ofensivo.

Depois do ocorrido, a nova mãe levou sua história ao Reddit para perguntar se ela estava errada por pedir que ele saísse depois que ele fez o comentário imperdoável.

Ela escreveu: “Meu marido de 34 anos e eu de 32 anos acabamos de ter nosso primeiro filho hoje.

“Estávamos juntos na sala de parto, tudo estava indo bem, eu estava com muita dor, mas ele me apoiou muito. A parteira estava nos fazendo perguntas sobre o bebê, etc, entre as contrações apenas para me ajudar a aliviar um pouco minha mente.

“Depois ela perguntou se estávamos empolgadas com o fim da gravidez e eu disse que sim, porque tem sido difícil para mim. Meu marido me interrompeu e disse “para mim também, foi tão difícil”.

Sugerido para si:  Menina de 10 anos sobrevive uma noite a -11 ºC graças a um cão de rua

A parteira tentou mudar de assunto, mas perguntei ao meu marido o que diabos ele quis dizer com isso, e ele disse que está feliz que acabou e que ele vai ter sua esposa de volta e a que sua versão mal-humorada acabou.

“Fiquei tão magoada que disse a ele para, por favor, apenas sair da sala. Ele disse que não vai a lugar nenhum porque sua filha está nascendo aqui. Eu gritei com ele para dar o fora e ele ficou irritado, me chamou de filha da mãe por fazê-lo perder o nascimento de sua filha e foi embora.

“Ele não voltou para ver nossa filha, ele deve vir mais tarde hoje.”

As pessoas foram rápidas em defender a mãe de primeira viagem, dizendo que seu marido nunca deveria ter dito algo assim em um momento tão íntimo.

Um usuário disse: “É inacreditável o número de posts dizendo que ela deveria apenas tolerar o que ele disser, porque assistir outra pessoa dar à luz é uma oportunidade única na vida de um homem.

“Bem, se isso significa tanto para ele, ele poderia ter se comportado como um parceiro apoiador e mantido suas piadas estúpidas, insultantes e humilhantes para si mesmo. A gravidez é difícil e qualquer homem que não pode dar a sua esposa o respeito que ela merece pelo que ela fez não deveria estar na sala de parto”.

Sugerido para si:  Homem em situação de rua constrói casa de papelão de 2 andares e surpreende a todos

“Se ver sua filha vir ao mundo é tratado como um direito e não um privilégio há um problema”, disparou um.

Uma usuária destacou que o marido costuma fazer muitas piadas, mas foi respeitoso quando ela estava dando à luz.

Ela escreveu: “Meu marido normalmente é um brincalhão e eu estava contando com algumas de suas piadas bobas durante o parto para ajudar a aliviar meu estresse. Acontece que meu marido estava tão nervoso que mal disse uma palavra. Se ver o nascimento de sua filha é importante para alguém, ele se comportará. Esse homem de quem a mulher fala é um verdadeiro filho da mãe.”

Outro usuário irritado disse: “O direito. Não é sobre o homem, a única pessoa com quem alguém deve se preocupar é a pessoa que está dando à luz. Não é brincadeira ter que aturar isso.”

“Ela sempre vai se lembrar disso. Eu nunca vou esquecer meu ex-marido se recusando a segurar minha mão enquanto eu estava em trabalho de parto porque eu estava apertando muito forte e isso o machucava. Repare que eu disse ex-marido”, comentou alguém. via:mirror

*Imagem de capa meramente ilustrativa


- Publicidade -

MAIS POPULARES

- Publicidade -