Militar dá uma bicicleta nova a uma menina que tinha que caminhar para a escola

Tudo começou com uma carta no Natal. A partir de então, André Souza quis ajudar as crianças do seu bairro e passou a dar bicicletas para quem precisasse.

Nem todas as crianças têm o privilégio de poder ser transportadas de casa para a escola, seja por motoristas que dirigem ônibus ou vans escolares, ou por seus próprios pais.

Eles têm que fazer o que puderem para chegar à sala de aula a tempo.

É por isso que alguns simplesmente caminham de suas casas para a escola. Embora o tempo possa ser severo e esteja chovendo ou muito quente, os meninos podem viajar vários quilômetros desde que possam estudar.

No entanto, isso não é algo que deva ser normalizado, pois todas as crianças do mundo têm o direito de ter um bom acesso à educação.

Com o acesso, também é necessário consultar os meios de transporte que eles possuem para chegar ao seu centro educacional.

Esta é uma questão que sempre preocupou o Sargento André Souza, soldado de Araçatuba, Brasil, que decidiu assumir seu cargo para ajudar e alegrar a vida de muitas crianças em sua terra.

E é que André se encarregou de organizar coleções e doar diferentes coisas úteis para as crianças daquela área.

Recentemente, começou a dar bicicletas para crianças nos bairros mais vulneráveis.

Mas tudo começou com o caso de Isabelle, uma menina do quinto ano da escola primária que tinha que andar de casa para a escola e da escola para casa todos os dias, mesmo que o tempo ficasse feio, por exemplo, calor extremo ou chuva.

Sugerido para si:  Mãe se veste de homem para comemorar a festa do Dia dos Pais da escola dos filhos

André descobriu que seus pais não podiam ir com ela porque não tinham carro e, além disso, não havia um ônibus que pudesse deixá-la perto de sua casa.

Tudo isso o sargento soube de uma carta que a garota escreveu ao regimento no Natal. A partir de então, decidiu que essa seria sua missão: ajudar as crianças desprotegidas que vivem em sua cidade.

Assim, o fardado comprou uma bicicleta nova, carregou-a em seu carro e levou-a pessoalmente para Isabelle, que ficou muito feliz pelo sonho realizado.

Com este gesto começou uma bola de neve de mais gestos para outras crianças da região. Agora os pedidos e as cartas chegam a ele em todos os lugares, em cartas físicas e até em seu e-mail.

Começou a receber bicicletas em bom estado como doação e a distribuí-las entre as crianças que precisavam delas.

André ainda conserta bicicletas muito gastas e as deixa como novas.

Como ele não pode ajudar a todos com seu próprio dinheiro, ele também recebe a ajuda de sua comunidade que está encantada com sua missão caritativa. via:upsocl


- Publicidade -

MAIS POPULARES

- Publicidade -