Jovem rejeita herança multimilionária porque não quer ser tão rica: “Não fiz nada para merecer”

Ganhar na loteria é um sonho recorrente que as pessoas têm. Quem não se sentiria feliz e tranquilo se pudesse ter todo o dinheiro do mundo para pagar dívidas e se dar aqueles luxos que podem ser impossíveis para qualquer um? No entanto, também há exceções.

Recentemente, o caso de Marlene Engelhorn, uma alemã de 29 anos que teve a sorte de herdar uma fortuna que praticamente veio do céu, viralizou.

(Imagem:Forbes)

E é que a menina, que é estudante de Língua e Literatura em uma universidade de Viena, na Áustria, é conhecida por ser descendente dos fundadores de uma milionária empresa química, chamada BASF.

Mas ao contrário do que qualquer um gostaria, Marlene se recusa a aceitar a herança que equivale a quase 90% da fortuna da empresa.

Deve ser lembrado que esta empresa teve uma receita de mais de 79 bilhões de dólares em 2021, portanto, obter esse dinheiro a tornaria uma das pessoas mais ricas do mundo.

Apesar disso, a jovem, conhecida por liderar movimentos de consciência de classe, acredita que aceitar o dinheiro iria contra suas crenças políticas.

“Não deve ser minha decisão o que fazer com o dinheiro da minha família pelo qual não trabalhei”, explicou ela em poucas palavras.

Marlene diz que se define como uma “garota rica”, por isso acha que dinheiro não vale a pena. Além disso, explicou que tudo deve ter um limite e ninguém deve concentrar grandes quantias de dinheiro enquanto houver desigualdade no mundo.

Sugerido para si:  Menino arrecada 100 mil e dá para uma idosa se aposentar e pagar a casa dela

“Eu não poderia estar feliz. Não é uma questão de vontade, mas de justiça. Não fiz nada para receber este legado. Isso é pura sorte na loteria de nascimento e pura coincidência.”

Há alguns anos essa jovem fundou um movimento chamado AG Steuersrechtigkeit, que luta pela igualdade econômica e social, além de motivar herdeiros de grandes fortunas na Europa a abrir mão desse dinheiro e defender mais impostos sobre os ricos.

“Como alguém que desfrutou dos benefícios da riqueza durante toda a minha vida, sei como nossa economia está distorcida e não posso ficar sentada esperando alguém, algum lugar para fazer alguma coisa.” via:revirales


- Publicidade -

MAIS POPULARES

- Publicidade -