InícioCuriosidadesEstudo revela que quanto mais tempo você passar com sua mãe, mais...

Estudo revela que quanto mais tempo você passar com sua mãe, mais tempo ela viverá

Ter nossa mãe para aproveitar todos os dias de nossas vidas é uma coisa gloriosa. Não há nada como sua companhia, seu apoio e sua dedicação. Gostaríamos de tê-la para sempre, e se pudéssemos fazer algo para prolongar sua vida, certamente faríamos.

De acordo com especialistas, há uma coisa que você pode fazer para que sua mãe viva mais: passar mais tempo com ela. De acordo com uma pesquisa da Universidade de San Francisco, as pessoas que entram na terceira idade podem prolongar suas vidas se seus entes queridos estiverem próximos a elas.

O estudo

A pesquisa foi realizada com mais de 1.600 pessoas com mais de 60 anos, e constatou-se que aqueles pacientes cuja vida era solitária tinham maior chance de mortalidade.

Isso se aplica não apenas às mães, mas a todos os idosos. Então, se você quer prolongar a vida de um familiar, basta passar tempo com ele, dar companhia e carinho.

Os dados não mentem: enquanto 23% dos entrevistados que disseram estar sozinhos morreram nos primeiros 6 anos do estudo, 14% que relataram estar sempre em companhia viveram mais.

A chave para a deterioração

Para os pesquisadores, a solidão foi preditiva de declínio funcional e morte subsequente.

De acordo com outras pesquisas complementares, do Departamento de Medicina Interna da Universidade da Califórnia, em idosos, o estado geral de saúde não é influenciado apenas por condições estritamente biológicas e médicas, mas também por sofrimento psicossocial.

Sugerido para si:  Caminhar pela praia queima calorias e melhora o humor

Em outras palavras, a boa saúde de um adulto dependerá em grande parte de seu estado de espírito, de suas relações sociais e de sua saúde mental. Assim, os especialistas concordam que a solidão é a chave para a deterioração da saúde.

A solidão dos idosos

Quando falamos de solidão, muitas vezes pensamos nos idosos. Nossa sociedade nem sempre valoriza a experiência e os ensinamentos que nossos avós podem nos deixar, e muitas vezes nos esquecemos deles.

Por esse motivo, alguns adultos que não podem mais cuidar de si mesmos ficam confinados em asilos, ou simplesmente passam muito tempo sem ver seus familiares. Nesse contexto, as pessoas ficam tristes, e isso afeta a alma e o corpo.

Dê a eles o destaque que merecem

Nossos avós são as raízes da nossa família. Eles são a âncora, o leme da nossa árvore genealógica. A profunda crise de valores que temos sofrido nos últimos anos significa que muitas vezes não valorizamos isso.

Os avós merecem destaque, dedicação e tempo. É nosso dever dar-lhes aquele espaço que confortará suas almas e lhes dará um desejo renovado de viver. A autoestima deles será fortalecida e o reconhecimento será um grande incentivo para melhorar sua saúde geral.

A velhice vem mais tarde do que antes

Embora muitos idosos vivam na solidão e não tenham muita vida social, no outro extremo estão os “idosos adolescentes”. Esse novo termo que se refere àqueles adultos com mais de 60 anos que são ativos, têm uma ótima vida social e não ficam parados.

Sugerido para si:  Isto é o que acontece no seu corpo após consumir gengibre regularmente

É bom ver quantos adultos veem a transição para a velhice de forma positiva e não ficam presos e conformados com a idade que seus documentos dizem. Eles saem, viajam, praticam esportes, agendam passeios com os amigos e dão cambalhotas com os netos.

Avós modernos

A minha mãe, que está na casa dos 60 anos, tem um trabalho exigente, sai frequentemente com as amigas, sai de férias, frequenta aulas de ioga e dança. E no meio de tudo isso, ela cozinha uma comida deliciosa para nossa família e cuida dos meus filhos quando eu peço. Ela é uma avó com toda energia do mundo.

Meu sogro, que tem mais de 70 anos, joga tênis duas vezes por semana, faz natação, encontra os amigos regularmente e tem uma vitalidade e energia invejáveis. Ninguém diria que ele tem mais de 70 anos.

Adoramos nos reunir em família, compartilhar o tempo juntos. Meus filhos valorizam muito o tempo com os avós, e isso não apenas nutre nosso vínculo, mas também aquece nossos corações. A solidão não tem lugar aqui.

Prolongue a vida de seus entes queridos

Agora você sabe que, se quiser que sua mãe viva mais, precisa passar mais tempo com ela. E o mesmo para o resto dos adultos mais velhos da sua família.

Incentive seus pais e avós a passarem ainda mais tempo com seus amigos, vizinhos ou conhecidos. Incentive-os a se inscrever em um curso ou a participar de algum tipo de evento, onde possam socializar e fazer novos amigos.

Sugerido para si:  Dormir com o seu gato pode não ser um hábito tão inofensivo como você pensa

As relações sociais serão o antídoto para a solidão e a depressão, e os ajudarão a se conectar com os outros, ver sua vida de maneira positiva e se sentirem felizes por cada dia vivido.

O benefício é mútuo

Contar com a presença de nossa mãe, pai ou avós quando forem mais velhos, tem um valor incalculável. Podemos nos nutrir com suas experiências, ouvir sua sabedoria, aprender com suas virtudes e se apoiar em seus abraços. Alguns dos benefícios são:

  • Eles nos enchem de histórias
  • Convidam-nos a conhecer outras realidades
  • Nos dão apoio
  • Eles são a âncora da união da nossa família
  • Nossos filhos os amam
  • As avós são ótimas cozinheiras!

Passar mais tempo com nossos ente queridos mais velhos não apenas prolongará suas vidas, mas também fortalecerá sua autoestima e aquecerá nossos corações. Agora vá abraçar seus pais e avós e prolongar suas vidas! via:familias

Gostou do artigo?

Toque nas estrelas para votar.

Média: / 5. Votos:

Até agora ninguém votou, vote você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

MAIS POPULARES