Cão reencontra seu dono após 3 anos perdido

Roscoe sobreviveu 3 anos na rua e agora voltou a abraçar seu dono.

O medo de quem tem um animal de estimação é perder seu amigo peludo de uma forma ou de outra, porque às vezes eles podem fugir de casa por engano e passar muito tempo longe de suas famílias.

Nestes casos, todo o possível será feito para que os peludos voltem para casa, embora às vezes se casem pelas mãos.

Foi o que aconteceu com Roscoe, uma cadela pit bull mestiça de 5 anos que infelizmente se perdeu e teve que ficar 3 anos sem ver seu dono, até agora.

O cão foi encontrado em Pawleys Island, Carolina do Sul, Estados Unidos, e depois transferido para o abrigo All 4 Paws Animal Rescue.

Foi lá que descobriram que o peludo tinha dono, pois achavam que era só mais um cachorro de rua.

“Eu tinha um chip, então liguei imediatamente para a empresa de chips 24PetWatch e eles me deram todas as informações de que eu precisava”, disse Peyton Kennedy, membro da equipe de resgate, ao The National Desk.

“E eu liguei para o número de telefone e o número de telefone foi desligado. Então, eu pensei, ‘Oh não, é uma causa perdida'”, acrescentou. Mas não parou por aí e fez questão de reencontrar a família, pelo que decidiu partilhar uma publicação nas redes sociais.

Sugerido para si:  Mulher que toma banho apenas uma vez por semana diz que o marido não se importa

“No meu coração, eu pensava ‘você sabe o que vou postar no Facebook’. Não vou colocar o nome do cachorro, o gênero, nada. E duas horas depois alguém comentou: ‘Oh meu Deus, esse é Roscoe. Esse é meu cachorro desaparecido de West Virginia. Eu fiquei tipo, ‘O quê?’, e eles disseram, ‘Ele está desaparecido há três anos’”, contou Kennedy.

Quem comentou a publicação foi Rachel Day, irmã de Calvin, dono do cachorro. A última vez que viram a canina foi em 2020 e nunca deixaram vestígios dela.

Quando Kennedy ligou para a empresa sobre o chip do cachorro, eles se comunicaram por e-mail com Calvin e ele pediu para a irmã pesquisar na internet, para ver se alguém publicava alguma coisa sobre o peludo. E assim foi.

“Fiquei surpreso, agradavelmente surpreso, ao descobrir que ela ainda estava viva. Nós conversamos sobre isso e eu disse: ‘Estou surpresa que ela esteja viva'”, contou Rachel. Ele disse: ‘Nunca pensei que o veria novamente'”, acrescentou. Depois de longos 3 anos, eles se abraçaram novamente. via:upsocl


- Publicidade -

MAIS POPULARES

- Publicidade -