Caminhar pela praia queima calorias e melhora o humor

Não importa o quão preguiçoso você seja; no verão, caminhar na praia é um exercício tão agradável que parece que você não o fez, com o qual não transpira e que permite perder muitas calorias, especificamente 50% a mais do que o habitual quando o fazemos em outras superfícies.

Porque para além de ser uma atividade relaxante – a vista para o mar e o murmúrio das ondas permitem-nos libertar o stress e pôr a mente em ordem – caminhar na praia tem muitos outros benefícios.

Entre outros, que para isso nossos músculos precisam de muito mais energia do que andar sobre uma superfície dura. Ou seja, os músculos e tendões trabalham mais para se adaptar à areia, que ao mesmo tempo atua como uma almofada natural para reduzir o estresse nas articulações e nos pés.

Resultado? Com uma caminhada na praia você consome entre 20% e 50% mais calorias do que com uma caminhada normal em uma superfície dura.

Algo a que devemos acrescentar também que a agradável caminhada faz com que caminhemos por mais tempo do que passaríamos, por exemplo, nas ruas de uma cidade ou na esteira de uma academia.

Três dicas de especialistas

Em suma, “ao caminhar na praia também é importante proteger nossos pés das agressões externas”, explica Juan Carlos Montero Arroyo, membro do Colégio Oficial de Podologia da Comunidade de Madri (COPOMA), “tanto físico -chafing e cortes-, como infecciosos, no caso de fungos ou papilomas”.

Sugerido para si:  5 coisas que tiram o seu gatinho do sério

Por esse motivo, antes de começar a andar sem parar, devemos levar em conta as três dicas que esse especialista nos dá para que nossos pés não sofram.

A primeira, a seguir “bons cuidados higiênicos, com sabonetes neutros e sempre terminando com uma boa secagem”, explica Juan Carlos Montero.

A segunda, “tratar possíveis problemas de pele, como sudorese excessiva, e manter uma boa hidratação, algo que é essencial”, diz a especialista. Por fim, diz ele, devemos escolher o calçado que usamos para isso, porque às vezes caminhar na praia descalço não é o mais adequado.

“O recomendado é que nos habituemos gradualmente ao novo calçado, para que os nossos pés sofram menos a nível muscular. E nunca use calçado de praia ou piscina, como chinelos, noutros contextos, pois pode trazer problemas para nossos pés”, diz.

5 benefícios de caminhar na praia

Além de todos os itens acima, caminhar na praia tem muitos outros benefícios. Um deles é que a caminhada nos permitirá nos carregar com vitamina D graças à ação do sol.

1) Queima mais calorias

Como dissemos, para andar na superfície macia da areia você gasta mais energia, o que significa que pode queimar até 50% mais calorias.

2) Fortalece os músculos

O esforço físico extra envolvido em levantar o pé da areia fortalece os músculos, articulações e tendões dos pés e tornozelos.

Sugerido para si:  10 maneiras que os cães fazem a sua vida melhor

3) O risco de lesão é reduzido

Embora exija mais energia, caminhar na praia é mais fácil para as articulações, o que evita lesões e ajuda a aumentar a força.

4) Melhora o humor

As atividades ao ar livre -especialmente se forem feitas junto a um corpo d’água como um rio, um lago ou o mar- relaxam e melhoram nossa saúde mental e auto-estima.

5) Fortalece os ossos

A exposição ao sol favorece a absorção da vitamina D, que é responsável pela absorção do cálcio pelo organismo, o que ajuda os nossos ossos e dentes a manterem-se saudáveis ​​e fortes.

Como torná-lo ainda mais eficaz

Antes de embarcar na caminhada, é aconselhável levar em conta algumas dicas para tirar o máximo proveito dela, tanto física quanto mentalmente. Para começar, é preciso apreciá-la sem música e com o telefone no mudo, para ouvir o murmúrio relaxante do mar. Além disso, lembre-se dessas outras dicas:

  • Comece em uma superfície sólida. Antes de iniciar a caminhada, caminhe por alguns minutos em uma superfície sólida, na calçada ou calçadão, para aquecer os músculos dos pés e tornozelos. A areia compacta também funcionará para você.
  • Use calçado apropriado. Andar na praia não significa necessariamente fazê-lo descalço. Se for fazer uma longa caminhada, use sandálias ou calçados esportivos adequados que prendam o pé e o protejam de bordas, pedras afiadas e possíveis detritos de vidro ou metal escondidos na areia.
  • Caminhe descalço apenas distâncias curtas, especialmente se você é iniciante, e aumente gradualmente a distância. Fazer isso por muito tempo pode causar cãibras nas pernas e dores nos tendões e músculos dos pés. E faça melhor com as ondas batendo nos tornozelos.
  • Leve sempre uma garrafinha de água, para se hidratar e para que o sol e o calor não afetem. E nunca se esqueça do protetor solar também; É uma boa ideia renovar sua aplicação com frequência.
  • Caminhe na areia fofa. Você fará muito mais exercícios e isso permitirá que você aumente sua força e ganhe resistência.
  • Se você é iniciante, faça a maior parte da caminhada em areia compactada perto da água e “treine” seus músculos por uma parte da caminhada em areia macia.
  • Se o que você gosta é correr, faça na areia dura para evitar lesões.
  • Caminhe em ambas as direções da praia. Devido à inclinação, você sempre caminha com um pé mais alto que o outro, o que pode causar tensão e lesões. Tente manter o equilíbrio entre as duas pernas.
  • Vento baixo. Use a brisa a seu favor. Comece a caminhada contra o vento para que quando você voltar, quando estiver mais cansado, ele te bata nas costas e você não tenha que lutar contra ele. via:elmundo

- Publicidade -

MAIS POPULARES

- Publicidade -