Cadela resgatada ganha uma transformação surpreendente

“Ela estava tão emaranhada que não sabíamos em que condição seus olhos estariam quando seu pelo fosse raspado (…) Ela é uma garota divertida e batalhadora”, disseram eles do abrigo que a acolheu.

Como os filhotes de rua não têm a oportunidade de receber cuidados em sua aparência, pois devem se preocupar em conseguir comida por conta própria, muitas vezes contraem doenças e têm problemas de saúde.

Alguns desses problemas estão relacionados a não ter ninguém para cuidar deles.

Karma é uma cadela de rua que vagou pelas ruas de Harris County, Texas, Estados Unidos, por muito tempo, sozinha e perdida, antes de se deparar com um abrigo de animais que poderia acolhê-la.

Essa “firulais” de 12 semanas teve que viver todas as aventuras do que significa viver na via pública: seu pelo era tão comprido e emaranhado que parecia ter o dobro do seu tamanho real.

Porque seu pelo era tão comprido, ela não podia ver. Além disso, como ficou muito emaranhado, ela teve problemas com sua mobilidade.

Os veterinários tiveram que cortar o pelo dela para que pudessem examiná-la assim que ela fosse levada para a casa.

Karma parecia assustada, mas aos poucos ela se animou com os veterinários para que pudessem examiná-la.

“Eu acho que eles nunca fizeram o pelo dela. Nunca. Ela estava tão emaranhada que não sabíamos em que condição seus olhos estariam uma vez que o pelo fosse raspado”, disse Andi Leone.

Sugerido para si:  Homem afirma que só está solteiro ainda por ser bonito demais

Sua pele nunca havia entrado em contato com o exterior, então quando seu pelo foi cortado ela parecia um pouco irritada e muito sensível.

Pouco a pouco Karma foi tirando sua personalidade e passou a ter confiança com os humanos.

Ficar tanto tempo na rua lhe causava graves problemas de segurança, pois vinha com muitos traumas.

“Ela é uma garota divertida e corajosa. Ela adora brincar de buscar e se aconchegar em seu canil para algum tempo de silêncio. Ela adora crianças e tem uma atitude muito brincalhona.”

Andi sabe que está cada vez mais confortável em casa, mas esclareceu que está procurando um lar permanente onde o Karma possa crescer, desde que ainda é um filhote.

“É uma menina ótima e fácil que se dá bem com todo mundo (…) Foi um prazer tê-la”, encerrou. via:upsocl


- Publicidade -

MAIS POPULARES

- Publicidade -