InícioRelacionamento7 passos para fazer seus sogros gostarem de você

7 passos para fazer seus sogros gostarem de você

Ninguém surge por geração espontânea. Pelo contrário, todos nascemos de pai e mãe, portanto, ao iniciar um relacionamento, teremos sogros queiramos ou não.

Eles são uma parte muito importante da vida do nosso parceiro, por isso, merecem nosso respeito. A relação com eles deve ser a melhor possível. Quer saber algumas dicas de como se dar bem com eles?

Os sogros

Um casal é formado por duas pessoas que também têm sua própria família. Nesse sentido, é normal que, quando se inicia um relacionamento ou se constitui um novo núcleo familiar, os sogros também queiram continuar sendo, em certa medida, participantes da vida dos filhos.

É normal e legal. Os membros do casal podem até querer que seus pais façam parte e participem de atividades juntos, para que haja harmonia familiar. Na verdade, não se trata de escolher. A família sempre terá um papel fundamental.

No entanto, o fato de serem pais não significa que tenham plenos direitos sobre a vida do casal. Na verdade, se o seu envolvimento for excessivo ou não como deveria ser, isso pode causar sérios conflitos de várias maneiras.

Muitos sogros estão insatisfeitos com o parceiro de seus filhos, causando desconforto com comentários ou atitudes. Por outro lado, outros podem se tornar realmente irritantes se intrometendo e tentando participar de assuntos que são estritamente do casal.

Por sua vez, o filho ou filha pode se sentir muito mal se o parceiro não se dá bem com os pais, então temos um problema duplo. Por isso, o ideal é manter um bom relacionamento com eles. Mas como? Aqui estão alguns passos para isso acontecer.

1) Respeito

Não se trata apenas de respeitar os sogros, mas que os sogros também respeitem o casal. Na verdade, os sogros são algo muito importante na vida, porque são os pais da pessoa com quem você decidiu compartilhar sua vida.

Sugerido para si:  4 pedras poderosas para atrair sua alma gêmea

Dessa forma, devemos mostrar-lhes respeito cuidando de nossas palavras e comentários, nossas atitudes e a forma como expressamos nossas opiniões. Devemos evitar conflitos e mal-entendidos.

Se você pensar sobre isso, como pais, eles merecem esse respeito. Além disso, goste ou não, o fato de ser pai ou mãe de seu parceiro é algo que não vai mudar, então, inevitavelmente, você sempre terá um relacionamento com eles.

Lembre-se também de que, se você por algum motivo seja qual for, ferir seus sogros de alguma forma, você definitivamente também está ferindo seu parceiro.

2) Não faça comparações

Cada pai e mãe é uma pessoa diferente e criou seus filhos de uma determinada maneira. Na verdade, você tem os seus pais e seu parceiro tem outros, e ambos cresceram de forma diferente. Portanto, você recebeu uma educação distinta.

Por todas essas razões, devemos evitar comparar nossa educação com a de nosso parceiro. Só porque não foram iguais não significa que um seja melhor que a outra, nem que os seus tenham sido melhores pais que os deles.

Cada pai criou seus filhos da melhor maneira que achou possível, dadas certas circunstâncias e particularidades da vida. Portanto, é melhor optar pelo caminho da compreensão e evitar comparações odiosas.

3) Harmonia acima de tudo

Um relacionamento ruim com seus sogros, qualquer que seja o vínculo que eles tenham com seu parceiro, sempre os afetará, isso causará estresse e desconforto.

Por isso, a menos que a atitude dos sogros seja inadmissível, devemos ceder muitas vezes para o bem do nosso relacionamento e a predominância da harmonia.

Sugerido para si:  O amor surge com os pequenos detalhes e acaba por falta deles

De fato, um casal exige esforço e dedicação e, às vezes, é preciso fazer certas concessões para que tudo corra bem e prevaleça o equilíbrio e a serenidade.

4) Estabeleça limites para os sogros

Dissemos antes que é importante fazer algumas concessões. No entanto, tudo tem um limite, e é preciso estabelecê-los para que a relação seja saudável e não cause mais problemas.

Assim, devemos ter em mente que um relacionamento é uma questão de dois, dos membros do casal, e que os sogros não têm poder de decisão sobre suas vidas. A contribuição deles pode ser mais ou menos bem-vinda, se for solicitada, mas cabe ao casal decidir.

Na verdade, devemos estabelecer limites para que eles não interfiram cada vez mais nas decisões e na organização da vida do casal. Claro, devemos sempre estabelecê-los a partir do respeito e da boa comunicação.

5) Conheça seus sogros

É difícil simpatizar, entender ou estabelecer um bom relacionamento com uma pessoa que você não conhece. Nesse sentido, é injusto colocar o rótulo de “sogro” ou “sogra” em alguém sem antes conhecê-los.

Para isso, nada melhor do que manter uma boa comunicação com eles, saber sobre eles, seus hobbies e gostos, etc. Somente conhecendo-os melhor você poderá estabelecer um relacionamento saudável e, se o conflito estiver chegando, saber como evitá-lo ou lidar com ele sem prejudicar ninguém.

6) Converse com seu parceiro

Se algo em relação aos pais do seu parceiro o incomoda, o melhor é conversar com seu parceiro, sempre com respeito e delicadeza. Dessa forma, você pode discutir e chegar a um acordo ou resolver os problemas antes que eles fiquem grandes demais.

Uma boa comunicação com o casal, portanto, é essencial. Não só irá ajudá-lo a superar o desconforto e ser mais honesto um com o outro, mas será a base ideal para estabelecer limites para os sogros. Lembremos: um casal é uma questão de dois.

Sugerido para si:  Não fale mal do pai dos seus filhos, mesmo que haja muita dor no meio

O esforço para construir um relacionamento e uma nova família deve ser por parte de ambos. Assim, é fundamental que você concorde em algumas questões e, entre elas, a relação que será estabelecida com os sogros e seus limites.

7) Distanciamento prudencial com os sogros

A única maneira de o casal manter seu relacionamento a dois e sua intimidade e vínculo sem pressão excessiva ou intervenção dos sogros é manter uma distância razoável.

De fato, sair para comer juntos de vez em quando, visitas e outras coisas, são completamente saudáveis ​​e quase necessários. Porém, tudo tem um limite, e os sogros não devem invadir a vida do casal.

Isto é particularmente importante quando o casal tem filhos. Muitos sogros, consciente ou inconscientemente, tendem a invadir a casa e a vida dos filhos quando os netos nascem.

Nesse sentido, muitos, com base em sua experiência e idade, podem até criticar ou estabelecer o que deve ser feito para criar os pequenos.

No entanto, os filhos também são algo de dois: de seus pais. Os avós são sempre bem-vindos, claro, mas o seu envolvimento, opinião e poder de decisão devem ser limitados.

Em suma, a melhor opção é conhecer os sogros para poder ter empatia com eles e manter uma boa comunicação. A partir daí, podem-se estabelecer certos limites que, baseados no respeito e em prol da harmonia familiar, permitem um relacionamento saudável. via:mejorconsalud

Gostou do artigo?

Toque nas estrelas para votar.

Média: / 5. Votos:

Até agora ninguém votou, vote você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

MAIS POPULARES