5 sinais que o cão dá quando precisa de um amigo

Todo mundo precisa de um amigo. Afinal, é bom ter um companheiro que entende você e respeita suas necessidades. Mas meu cachorro precisa de um amigo? Estamos aqui para ajudá-lo a responder a essa pergunta.

Os cães pertencem à família Canidae, ou seja, à família dos lobos e raposas. Felizmente, os cães são animais domesticados e sociais. 

Eles gostam de interações amigáveis ​​com humanos ou outros animais familiares e tendem a evitar o isolamento.

Dito isto, cada cão é diferente, tem seu próprio temperamento e preferências. Alguns cães preferem viver sozinhos com seus donos, enquanto outros preferem ter outro cão amigo em casa. 

Como você pode decidir se seu cão gostaria de ter outro cão em casa? Tudo começa com um pouco de observação e pesquisa.

Seu cachorro precisa de um amigo? Vamos descobrir

Conseguir um amigo cão para o seu cão pode parecer uma ideia incrível, mas às vezes pode levar à agressão e ferimentos físicos se não for um bom ajuste.

Surpreendentemente, apesar de serem os animais mais amigáveis, os cães nem sempre se dão bem com outros cães.

Como os humanos, os cães podem ser muito exigentes na escolha de seu colega de quarto ou companheiro. 

Antes de decidir comprar um novo cachorro, pergunte a si mesmo algumas perguntas

1) Meu cachorro gosta da companhia de outros cães?

Se seu cachorro gosta de companhia humana, isso não significa que ele gostará da companhia de outro cachorro também. 

Sugerido para si:  Cadela adota gatinhos de rua e dá o amor que eles precisam

Foi relatado que cães domésticos criados separadamente e independentemente não se dão bem com outros cães que foram bem socializados desde a infância.

Portanto, se seu cão fica agressivo ou ansioso na presença de outros cães, você pode reconsiderar a adoção de outro cão como companheiro para ele.

2) Como meu cachorro se comporta quando outros cachorros visitam minha casa?

Às vezes, seu cão não mostra sinais de ressentimento e agressão ao interagir com outros cães em uma caminhada ou no parque. 

Mas, se o mesmo cachorro fosse visitar sua casa e brincar com o brinquedo do seu cão, isso poderia incomodá-lo. Isso mostraria se seu cão precisa de um amigo ou companheiro.

3) Seu cachorro parece triste após terminar de brincar com outro cachorro?

Uma coisa que pode indicar se seu cão gostaria de ter uma companhia é como ele reage no dia seguinte depois de um encontro com outro cachorro. Se ele parece tranquilo e descontraído, provavelmente está bem sozinho. 

Se ele parece um pouco desligado e deprimido, você pode querer arranjar outro cachorro, pois ele perde o tempo social com um amigo canino.

4) O gênero é importante ao selecionar o amigo do seu cachorro?

A compatibilidade de gênero é o que mais importa ao escolher um novo cão para seu filhote. Observe o seu cão quando ele está perto de outros cães. Ele se dá melhor com homens ou mulheres?

Seu cão pode não querer outro macho na casa, mas ficaria bem com uma fêmea, ou vice-versa. A maioria dos veterinários sugere escolher o sexo oposto, cuja diferença de tamanho não seja maior que 50%.

Sugerido para si:  Cadela que sofria abuso agora vive uma nova vida após ser resgatada

5) A personalidade do seu cão complementa a personalidade do outro cão?

A combinação de personalidades e temperamentos desempenha um papel vital na escolha de um novo amigo para o seu cão. 

Um cão cuja personalidade combina e elogia o outro cão se dará bem com aquele cuja personalidade compete com a do seu cão. Imagine viver com alguém cuja personalidade o incomoda. 

Meu cachorro precisa de um amigo?

Se a resposta a todas essas perguntas aponta a favor de um novo companheiro, compre um novo amigo para seu canino, e ele vai adorar. Se os sinais forem contra, leve a sério e não desanime o seu cão arranjando-lhe um amigo indesejado.

5 Dicas e truques para desenvolver relações amigáveis ​​com caninos

1) Mantenha os cães isolados por algumas semanas

Não importa o quão amigáveis ​​os cães possam parecer, você precisa mantê-los separados por algumas semanas para ajudá-los a entender seus limites. 

Os primeiros hábitos duram mais e os cães precisam de algum tempo sozinhos com seus pertences, como os humanos. Para fazer isso, alimente-os em diferentes cantos da sala com tigelas de comida de cores diferentes. 

E manter suas camas e esteiras de cachorro separados. Dê a eles diferentes brinquedos para brincar. E uma vez que eles sabem que cada um tem seu próprio espaço e tempo, eles não se sentirão tão ameaçados um pelo outro.

Sugerido para si:  5 sinais que indicam que seu gato confia em você

2) Seja o líder da matilha

Os cães são animais de carga e vivem em matilhas hierárquicas. Se um cachorro estiver sozinho e for o único animal de estimação, isso não causará muitos problemas. 

Se houver dois cães, um provavelmente tentará estabelecer domínio sobre o outro e as coisas podem sair do controle. Portanto, como chefe da matilha, mantenha sua posição como líder da matilha e os dois caninos o seguirão.

3) Supervisionar os cães

Não deixe os cães sozinhos em casa no início. Supervisione suas ações e postura corporal para evitar brigas ou qualquer outro tipo de conflitos.

4) Manter a igualdade

Seu cão atual terá que se ajustar para não ser o único cão. Não torne isso mais difícil prestando mais atenção ao novo cachorro. 

Sempre mantenha a igualdade em suas interações com os cães para que um ou outro não se sinta excluído.

5) Paciência é a chave

Mesmo que a situação seja um pouco difícil, os cães acabarão por aprender a aceitar a presença uns dos outros. Eles podem se ajustar rapidamente ou levar meses para se darem devido à diferença de personalidades.

Deixe os cães se conhecerem bem. Nesse ínterim, leve-os para longas caminhadas e apresente-os a novas atividades para construir um relacionamento amigável. Ou, se as personalidades realmente se chocam, dê espaço a cada uma. Em suma, seja consistente e deixe cada cão saber que você os ama igualmente. via:magazinept.com


- Publicidade -

MAIS POPULARES

- Publicidade -